Na Luzitar Mudanças, temos como filosofia de negócio o investimento em tecnologia e pessoas. Pois, acreditamos que esses são os pilares para uma empresa se manter no mercado, garantindo aos seus clientes um padrão A de qualidade em produtos e serviços.

O desperdício de material sempre foi algo que nos incomodou muito. Realizamos cerca de 5 mudanças por dia. Em média, a cada mudança, são utilizadas 100 caixas, sendo assim: 500 caixas por dia, 3.000 por semana, 12.000 por mês e 144.000 por ano. O volume de lixo produzido é muito grande. Por isso, já tínhamos como política, após a realização da mudança, buscarmos as caixas vazias na nova casa dos clientes e, em seguida, realizar uma triagem,

para que algumas sejam utilizadas novamente e o restante levarmos para uma empresa de reciclagem, semanalmente. Pesquisas revelam que, para produzir 900 milhões de caixas de papelão, são consumidos 2 bilhões de litros de água, a energia utilizada é de 370 mil MW, mais do que o país economiza em quase 3 meses de horário de verão. No processo de fabricação, mais de 6,5 toneladas de poluentes são gerados e 630 mil árvores derrubadas para produção. Depois de serem usadas, mais de 45 toneladas de caixas não serão recicladas e são destinadas aos lixões das cidades.

Foi então que, inspirada em modelos americanos e canadenses, a Luzitar implantou uma alternativa mais sustentável, higiênica e prática para substituir, em sua grande maioria, o uso das caixas de papelão.

As caixas de plástico são feitas de materiais recicláveis e, o mais importante, nós poderemos usá-las por um período muito maior, estima-se que até 450 vezes, ao contrario da de papelão que, raramente, aguenta 2 mudanças. O seu custo para reciclagem é muito menor que a de papelão, além do mais, vale ressaltar, que na escala da relevância para a sustentabilidade, Reutilizar é melhor do que Reciclar.

Pensamos em tudo com muito carinho. As caixas são padronizadas com a logomarca da empresa e numeradas, facilitando o controle e a contagem. As tampas são de encaixe e possuem um local para a utilização do lacre, que é codificado, garantindo aos nossos clientes mais segurança. Ao final da mudança, desembalamos e, se necessário, deixamos as caixas sob o cuidado do cliente, que assina um termo de responsabilidade. Depois de vazias, as caixas são facilmente empilháveis, ocupando menos espaço, menos poeira e cheiro forte proveniente da caixa de papelão. Após o prazo previamente combinado com o cliente, buscamos as caixas, fazemos a higienização e elas já estão prontas para um novo transporte de mudança!

Estamos muito felizes com o resultado obtido, com o feedback dos nossos clientes, a adaptação positiva dos nossos colaboradores frente a essa novidade e, principalmente, muito honrados de podermos ser agentes de transformação e consciência ecológica. Somos pioneiros em Belo Horizonte e vamos continuar trabalhando e investindo em soluções sustentáveis, pois, desejamos e acreditamos em um futuro melhor.